Ó vida futura! nós te criaremos


Flores para vocês

Olhei até ficar cansado
De ver os meus olhos no espelho

(enfim... cansei de olhar uma mentira)

Chorei por ter despedaçado
As flores que estão no canteiro

(chega de decepcionar as pessoas)

Os punhos e os pulsos cortados
E o resto do meu corpo inteiro
Há flores cobrindo o telhado
E embaixo do meu travesseiro
Há flores por todos os lados
Há flores em tudo que eu vejo

(sacrifíco-me pela felicidade de todos... e pela minha)

A dor vai curar essas lástimas
O soro tem gosto de lágrimas
As flores têm cheiro de morte
A dor vai fechar esses cortes
Flores
Flores

(alguns sentirão... mas o tempo irá curar)

As flores de plástico não morrem

(e no fim... ficarão as lembranças boas... sem cheiro... sem vida... apenas coloridas na memória de cada um)


Escrito por Fel às 13h38
[ ] [ ]


Por que será que nos lamentamos tanto quando nos decepcionamos, perdemos e erramos? O mundo não acaba quando nos enganamos; ele muda, talvez, de direção. Mas precisamos tirar partido dos nossos erros. Por que tudo teria que ser correto, coerente, sem falhas? As quedas fazem parte da vida e do nosso aprendizado dela. Que dói, dói. Ah! Isso não posso negar! Dói no orgulho, principalmente. E quanto mais gente envolvida, mais nosso orgulho dói. Portanto, o humilhante não é cair, mas permanecer no chão enquanto a vida continua seu curso. O problema é que julgamos o mundo segundo nossa própria maneira de olhar e nos esquecemos que existem milhões e milhões de olhares diferentes do nosso. Mas não está obrigatoriamente errado quem pensa diferente da gente só porque pensa diferente. E nem obrigatoriamente certo. Todo mundo é livre de ver e tirar suas próprias conclusões sobre a vida e sobre o mundo. Às vezes acertamos, outras erramos. E somos normais assim. Então, numa discussão, numa briga, pare um segundo e pense: "e se eu estiver errado?” É uma possibilidade na qual raramente queremos pensar. Nosso "eu" nos cega muitas vezes. Nosso ciúme, nosso orgulho e até, por que não, nosso amor. Não vemos o lado do outro e nem queremos ver. E somos assim, muitas vezes injustos tanto com o outro quanto com a gente mesmo, já que nos recusamos a oportunidade de aprender alguma coisa com alguém. E é por que tanta gente se mantém nessa posição que existem desavenças, guerras, separações. Ninguém cede e as pessoas acabam ficando sozinhas. E de que adianta ter sempre razão, saber de tudo, se no fim o que nos resta é a solidão? Vida é partilha. E não há partilha sem humildade, sem generosidade, sem amor no coração. Na escola, só aprendemos porque somos conscientes de que estamos lá porque não sabemos ainda; na vida é exatamente a mesma coisa. Se nos fecharmos, se fecharmos nossa alma e nosso coração, nada vai entrar. E será que conseguiremos nos bastar a nós mesmos? Eu duvido. Não andamos em cordas bambas o tempo todo, mas às vezes é o único meio de atravessar. Somos bem mais resistentes do que julgamos; a própria vida nos ensina a sobreviver, viver sobre tudo e sobretudo. Nunca duvide do seu poder de sobrevivência! Se você duvida, cai. Aprenda com o apóstolo Pedro que,enquanto acreditou, andou sobre o mar, mas começou a afundar quando sentiu medo. Então, afundar ou andar sobre as águas? Depende de nós, depende de cada um em particular. Podemos nos unir em força na oração para ajudar alguém, mas só esse alguém pode decidir a ter fé, força e coragem para continuar essa maravilhosa jornada da vida.

Texto: Letícia Thompson



Escrito por Fel às 20h36
[ ] [ ]


Saudade



Escrito por Fel às 22h29
[ ] [ ]


Para não perder o ritmo

Pois é!
O mês de maio mal começou e já tem mostrado sua particularidade.
Como promotido, fechei um capítulo da minha vida e espero poder começar outro em breve. Por enquanto estou me recuperando de algumas pancadas levadas em abril, mas nada que leve anos (mas sim talvez semanas).
Não farei planos para o futuro novamente. Deixarei fluir naturalmente tudo!

Dia 05 teve o "Forró do Reino" com Asa de Águia e Aviões do Forró no parque de exposições. Show muito perfeito. Acho que sou suspeito a falar, porque definitivamente estou fanático por Asa de Águia.
>>> aqui marca o início do projeto "Kias nos 20 anos", apoiado por Lari.

No dia 12 (sábado) fui ao cinema assitir Homem-aranha 3 - acho que dos três longas do aranha, este foi o melhor de todos.
Mas de fato, adorei o Shopping nesse dia; apesar de gente saindo pelo ladrão, só em curtir uma boa com resenha após o filme, já valeu o dia!

Não quero me aprofundar muito em detalhes (por enquanto), enfim, muito obrigado às duas pessoas que estavam comigo no shopping. Você valem mais que ouro!!



Escrito por Fel às 05h25
[ ] [ ]


Rapidinha

Nem estou muito animado para escrever.
Na verdade, estava tentando dormir, mas como o sono não veio resolvi entrar um pouco na net pra sei lá o que... pronto, respondido: colocar esse post aqui no blog apenas.

Sei lá; Não tenho conseguido dormir com facilidade por esses tempos não. Algumas coisas que tento esquecer não saem do meu pensamento e nem dos meus sonhos. Resultado? Noite perdida!

É. Acho que vou voltar a  minha frustrante tentativa de dormir;



Escrito por Fel às 01h08
[ ] [ ]


Visite o cardiologista

Pois é galera!
O ministério da saúde em parceiria com meu blog adverte, visite freqüentemente o cardiologista para curar os males que podem afetar o coração!
Caso ainda não esteja protegido, proteja-se logo! A vida é apenas uma!
Quanto ao meu coração?
rá-rá-rá
Anda vivendo em uma zona de turbulência, mas no fim passará. Viver cada experiência é fundamental para aprender a ser grande e mesmo assim poder brincar com seus quarenta e cinco anos.
Tudo que vive até então foi o suficientemente grande para ter se tornado inesquecível. Não foi o tempo que definiu, mas sim a intensidade do que vivi.

Rancor nenhum. Muito pelo contrário. Orgulhoso e feliz por poder estar ao seu lado e ver a sua felicidade.

Cuidem bem do coração. Ele garante sua vida. E a de outras pessoas.

Amigos... muito obrigado por tudo!



Escrito por Fel às 21h05
[ ] [ ]


DEIXO

para os "iveteiros" de plantão... uma pequena homenagem...
=D
essa música diz muito...
abraços a todos!!
e comentem!!

Eu me lembro sempre onde quer que eu vá
Só um pensamento em qualquer lugar

Só penso em você
Em querer te encontrar
Só penso em você
Em querer te encontrar

Lembro daquele beijo que você me deu
Que até hoje está gravado em mim
Quando a noite vem
Fico louco pra dormir
Só pra ter você nos meus sonhos
Me falando coisas de amor

Sinto que me perco no tempo,
Debaixo do meu cobertor

Eu faria tudo pra não te perder
Assim...
Mas o dia vem e deixo você ir

Lembro daquele beijo que você me deu
Que até hoje está gravado em mim
Quando a noite vem
Fico louco pra dormir
Só pra ter você nos meus sonhos
Me falando coisas de amor

Sinto que me perco no tempo,
Debaixo do meu cobertor



Escrito por Fel às 21h54
[ ] [ ]


Fechei o computador 4 da madrugada de segunda feira; Por estar com muito sono, achava que dormiria logo. Mas grande engano.
Em suadas quase duas horas de relógio fiz um daqueles velhos "flash-backs" que tento ao máximo evitar.

Queria voltar no tempo; Aos meus 10 ou 11 anos quando eu não tinha preocupações; E achava que o estudo era como se fosse uma reunião de negócio que definiria o futuro da minha empresa (tá bom; essa parte cortaria). Afinal, porque reclamo? Estou de férias! Mas enfim, via a vida de um outro prisma; Acreditava em encontrar um pote de ouro no final do arco-íris; Comia brigadeiro até umas horas; Achava viagens a Feira de Santana o maior barato;

"Que saudade que tenho/ Da aurora da minha vida,/ Da minha infância querida/ Que os anos não trazem mais"

Até fui alertado: infância só temos uma!



Escrito por Fel às 21h17
[ ] [ ]


Sexta

06:30 - acordo
08:00 - chegada na ufba e rodando a universidade com Ted
09:00 - encontro com Daniela
11:00 - aula de cálculo A, que por sinal dormi muito
12:45 - almoço no instituto de física (lasanha deliciosa aquela em? e comida barata: R$9:80 o quilo)
14:00 - seminário de biologia sobre as mortes de peixes na baia de Todos os Santos
18:00 - encontro no chuleta com uma galera show! :P
(...)
23:00 - ida para itapuã
(...)

Sexta feira muito badalada! Espero de novo! :D



Escrito por Fel às 19h35
[ ] [ ]


ciúmes

- O que é o ciúme? disse de repente sem olhar o marido, e com um tom
incisivo.
Seixas compreendeu que aí vinha a refrega e preparou-se, chamando a si
toda a calculada resignação de que se constumava revestir.
- Exige uma definição fisiológica, ou a pergunta é apenas mote para
conversa?
- Acredita na fisiologia do coração? Não lhe parece um disparate, esta
ciência pretensiosa que se mete a explicar e definir o incompreensível,
aquilo que não entende o próprio que o sinta, e que sinta-se, sem ter
muitas vezes a consciência desse fenômeno moral? Só há um fisiologista,
mas esse não define, julga. É Deus, que formando sua criatura do limo da
terra, como ensina a escritura, deixou-lhe ao lado esquerdo, por
amassar, uma porção de caos de que a tirou. Quanto ao ciúme, todos nós
sabemos mais ou menos a significação da palavra. O que eu desejava era
saber sua opinião sobre este ponto: se o ciúme é produzido pelo amor?
- Assim pensam geralmente.
- E o senhor?
- Como nunca senti, não posso ter opinião minha.
- Pois tenho-a eu, e por experiência. O ciúme não nasce do amor, e sim
do orgulho. O que dói neste sentimento, creia-me, não é a privação do
prazer que outrem goza, quando também nós podemos gozá-lo e mais. É
unicamente o desgosto de ver o rival possuir um bem que nos pertence ao
cobiçarmos, ao qual nos julgamos com direito exclusivo, e em que não
admitimos partilha.
(...)
- Esta prova é decisiva. E a senhora não acredita na fisiologia? Quer
melhor definição? O ciúme é o zelo do senhor pela coisa que lhe pertence.
- Ou pessoa! acrescentou Aurélia com maldade.


Senhora - José de Alencar


E pra você? o que é o ciúme? Já sentiram algo tão doloroso que nasce do forte amor e desejo por uma pessoa ou por um determinado bem?
Pois é; Esses últimos dias senti o gosto amargo do ciumes.
Vanilla Sky: para se conhecer o doce do amor, é preciso provar do amargo antes. E o ciúmes é a parte amarga do amor.



Escrito por Fel às 11h26
[ ] [ ]


Fila do supermercado

Existe algo mais interessante que uma fila do supermercado em uma véspera de quinta feira da Semana Santa?
Só não rola show de "stripper" porque em um supermercado pegaria mal não é? (salve Camila: esse "pegaria mal" foi dela!)

Vamos aos relatos:
1- uma senhora conta que o marido passou mal depois de tomar um iogurte nestlé
2- uma coelhinha vem anunciar que o ovo de páscoa tamanho 40 abaixou de R$: 44,00 para R$: 30,00 (quem vai comer um ovo tamanho 40? Eita jeguinho)
3- uma outra senhora problemático faz propaganda que o "Molico com fibras" resolveu os problemas intestinais dela
4- a moça do caixa reclama que o horário dela é até as 12, mas ela só sai do supermercado as 2
5- um senhor narra uma emocionante história sobre o uso das pilhas "Duracell Ultra"
6- um jovem piloto diz que dos 30 dias, o melhor período são os 23 que ele está voando. E pasmem: os outros 7 ele está com a mulher em casa.
7- pra finalizar: ficar em pé uma hora de relógio esperando a fila andar!

Ninguém merece supermercado em véspera de feriado!



Escrito por Fel às 02h26
[ ] [ ]


Várias Notas

NOTA 1 - sobre calouros
É incrível como calouro é um ser feliz. Leva trote, fica todo sujo, passa a maior vergonha na rua e acha tudo isso o máximo, e sem contar que espalha para todos os amigos poderem rir da cara dele.
Fato é que calouro também adora tirar foto em situações que nunca vivenciou em uma sala de aula do colégio. Coisas do tipo: aula de laboratório; usando jaleco.
:P
Essa nota foi em homenagem a Nanda! Adorei reencontrar essa pessoa na calourosa. Ah, ainda sinto saudades com gosto de caramelo e crocantes em cima viu?


NOTA 2 - sobre o efeito estufa
É fato que isso é uma situação real. O mundo está cada vez mais quente. Quase passo mal essa semana por causa do calor quando sai para "pastar" pela cidade.
Afff... preservem as matas que ainda restam e reduzam a emissão de gases estufa (metano, gás carbônico, butano). Usem o GNV em seus carros. É mais econômico e menos poluente.


NOTA 3 - sobre o cursinho
Ultimamente tive a leve sensação que meu sonho é voltar ao cursinho. Desde o início do ano retornei quatro vezes ao meu antigo cursinho.
Acho que é graças as pessoas que infelizmente (não desejo cursinho pra ninguém: é um inferno) ainda estão lá.


NOTA 4 - sobre a comunidade 'Tomar no "QUER" ninguém "CU" '
Parece que todo mundo desta comunidade resolveu ficar contra mim (detalhe, são uns 4 elementos deletérios). Porque tudo que falo acham que tem duplo sentido.
Espera um pouco não é galera? Minha mente não é baixaria não; leiam os tópicos anteriores que vocês verão! Até Drummond tem aqui!
:P
Link da comunidade: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=7305729


NOTA 5 - sobre a terça-feira
Nunca imaginaria que ir ao DETRAN fosse tão engraçado! Muito massa. Altas risadas em Mila?
:P

NOTA 6 - sobre dormir
Nesses últimos tempos não tenho dormido nada. Resultado? Passo a manhã sonolento. Já tenho cara de sono, só fez unir a fome com a vontande de comer
:D

NOTA 7 - sobre esse blog
Estou pensando em acrescentar um usuário a ele. Não tenho muita criatividade para escrever. E geralmente ele fica parado por um bom tempo.



Escrito por Fel às 13h15
[ ] [ ]


Segredos

Talvez essa música diga tudo... talvez não... quem sabe?

Eu procuro um amor
que ainda não encontrei
diferente de todos que amei

Nos seus olhos quero descobrir
uma razão para viver
e as feridas dessa vida
eu quero esquecer

Pode ser que eu a encontre
numa fila de cinema
numa esquina ou numa mesa de bar

Procuro um amor
que seja bom pra mim
vou procurar, eu vou até o fim

E eu vou tratá-la bem
pra que ela não tenha medo
quando começar a conhecer
os meus segredos

Eu procuro um amor
uma razão para viver
e as feridas dessa vida
eu quero esquecer

Pode ser que eu gagueje
sem saber o que falar
mas eu disfarço
e não saio sem ela de lá

Procuro um amor
que seja bom pra mim
vou procurar, eu vou até o fim


Escrito por Fel às 13h24
[ ] [ ]


Não estamos sós...

Quem nunca dormiu com medo de um fantasma aparecer na frente de sua cama?
Nos últimos dias tenho tido a leve sensação de estar sendo constantemente observado. Algo do tipo "Big Brother Felipe" que tem tirado meu sono. Não sei muito ao certo explicar, mas parece que sempre há uma pessoa atentamente a ouvir qualquer ruido que eu produza enquanto durmo. Sei lá. Essa semana tive um sonho do tipo: "tem alguém de observando, por isso acorde agora seu projeto de universitário".

Quer uma solução? Fica acordado até cinco da manhã na internet com a luz do quarto ligada. Ai quando você resolver sair, o dia lá fora já estará nascendo e os passarinhos já estarão cantando, aí sim dá pra você dormir. Pelo menos os sonhos após as cinco tem aliviado minhas tensões que ainda restam de dois ano de turbulência.

Definitivamente, concluo que não estamos sós nesse mundo e que há mais mistérios na terra do que eu imaginava.
Vai explicar essa sensação de estar sendo observado assim longe.

Escrito por Fel às 22h39
[ ] [ ]


Ouro de Tolo

“Eu devia estar contente / Por ter conseguido tudo o que eu quis / Mas confesso abestalhado / Que eu estou decepcionado / Porque foi tão fácil conseguir / E agora eu me pergunto: e daí? / Eu tenho uma porção de coisas grandes / Pra conquistar, e eu não posso ficar aí parado. (...) É você olhar no espelho / Se sentir um grandessíssimo idiota / Saber que é humano, ridículo, limitado / Que só usa dez por cento de sua cabeça animal.”

Enquanto nada acontece, vou procurando coisas pequenas, que completem o imenso espaço vazio.

Escrito por Fel às 13h22
[ ] [ ]


[ ver mensagens anteriores ]
 
Meu perfil


BRASIL, Nordeste, Homem



Histórico


    Outros sites
     All About My Dick
     Blog da Fernanda
     Flog da Lupiana
     Flog da Day
     Flog da Nana
     Flog do Jão
     Meu Flog
     Meu Orkut
     Plus Obvious